22.5.2013
Notícias

Semash realiza blitz contra violência infantil





Com o objetivo conscientizar e divulgar informações a respeito da violência física, sexual e/ou psicológica contra crianças e adolescentes, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (Semash) realizou, na última sexta-feira (17), ações educativas em Palmeiras e no Centro Histórico.

Foi realizada, além da panfletagem, a fixação de cartazes em locais estratégicos, identificados com um laço preto, que simboliza o luto e o repúdio ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. As equipes da Semash, em ação conjunta com o Demutran e Polícia Militar, também conversaram com motoristas e pedestres nas blitze.
 
A mobilização, em nível nacional, acontece em função do Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18). Em Ponte Nova, as equipes do Creas, do Cras e do UAI participaram das atividades, que são simbólicas em relação à luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes no país.
 
A temática do dia também foi trabalhada na Festa da Família do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Ponte Nova (Peti), onde os assuntos foram discutidos e também foram entregues materiais da campanha.
 
Dia 18 de maio
 
A escolha da data é uma lembrança a toda a sociedade brasileira a respeito da garota Araceli Cabrera Sanches, seqüestrada em 18 de maio de 1973, então com oito anos, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba.
 
Desde então, a sociedade civil em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes promovem atividades em todo o país para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual.
 
O projeto foi sancionado em maio de 2000 como a Lei 9.970 que institui o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infanto-juvenil.
 
Disque denúncia
                                                                                              
Para denunciar qualquer tipo de violência contra crianças e/ou adolescentes, basta ligar para o Conselho Tutelar de Ponte Nova no (31) 8793-8446 ou no 0800-31-11-19 (Direitos Humanos), de qualquer lugar do país.  A ligação é sigilosa e gratuita.




 
*com informações do Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes


© 2008 - pontenova.mg.gov.br - Desenvolvido por Art MX